< Voltar as Notícias
16 de outubro de 2019

NOTA OFICIAL SSANGYONG BRASIL

ssy-icon
Postado por
SsangYong Brasil

A informação da interrupção das operações no Brasil pegou a todos de surpresa, visto que ainda este ano a SsangYong está prestes a lançar dois novos modelos no mercado nacional: a Pick-Up Musso e o SUV Premium Rexton, além da previsão da chegada do Novo Korando, que foi lançado mundialmente pela marca no Salão de Genebra este ano e desembarca por aqui em 2020.

 

A reestruturação da marca no Brasil sofreu importantes alterações do que foi planejado anteriormente (mudança de line up de produto, focando a linha premium com motorização diesel), por conta de entraves igualmente importantes, como a instabilidade cambial no país, os atrasos governamentais nos processos de homologação (que atingiram níveis nunca antes vistos) e a legislação para a comercialização de automóveis na classe PCD, que discriminou veículos importados, criando um importante diferencial de preço entre os carros nacionais PCD e seus análogos importados, mas em nenhum momento foi interrompida.

 

Hoje, a SsangYong possui seis Concessionárias no Brasil, além de 19 Assistência Técnicas Autorizadas em pleno funcionamento. A marca está passando por um processo de reestruturação, tanto na Rede de Concessionárias, como na linha de produtos. Desde que a operação foi iniciada, em setembro de 2017, muitas coisas mudaram no cenário macro econômico, por isso a necessidade da reestruturação. A SsangYong é a marca de carros mais antiga da Coréia do Sul, que além da tradição consolidada no oriente, vem conquistando cada vez mais espaço no concorrido mercado automobilístico europeu. Além disso, a Venko Motors é uma empresa homologada no Rota 2030, programa que define regras para a fabricação dos automóveis produzidos e comercializados no Brasil nos próximos 15 anos.

 

Vale ressaltar que o SUV Rexton e a Pick-Up Musso, já foram aprovado nos testes de emissões e de ruídos, sendo que já obtiveram as Licenças para Uso da Configuração de Veículo ou Motor – LCVM, que são concedidas pelo Ibama aos veículos que transitam pelo Brasil. O processo final de homologação, que consiste na emissão da Certificação de Adequação à Legislação de Trânsito – CAT, já está protocolado há mais de cinco meses junto ao Departamento Nacional de Trânsito – Denatran e assim que finalizado, os dois modelos iniciam o desembarque na Rede de Concessionárias. Com relação ao Novo Korando, lançamento mundial da marca, a previsão é da vinda de modelos de testes ao Brasil para iniciar o processo de homologação ainda este ano, para que seja lançado oficialmente ao mercado nacional em meados de 2020.

 

De abril de 2018 a setembro deste ano, 130 SsangYong foram emplacados no Brasil. O primeiro lote de 135 veículos que vieram ao Brasil, serviu como um teste do mercado automobilístico nacional, para observar, entre outras coisas, a performance e a aceitação do Tivoli, assim como de seu correlato da mesma família, o XLV. Também foi feito upgrade da Actyon Sports, trazendo sua versão com maior performance, na motorização 2.2, assim como aconteceu com o Korando, pois existia a necessidade da vinda de veículos mais robustos e completos, com relação aos modelos que desembarcaram por aqui na operação anterior. O contexto econômico brasileiro, no momento em que o negócio foi desenhado e do lançamento dos produtos, alterou-se radicalmente, por conta de tudo que ocorreu com o país em 2018 e ainda vem ocorrendo neste ano. Entre outras coisas, a evolução da política PCD e a venda direta, impactou demais na linha SsangYong, e é pra isso que se presta um lote piloto, para que sejam checadas as deficiências de competitividade e realizado um reposicionamento da marca. Porém a empresa tem plena confiança, especialmente com as reformas estruturantes que estão sendo aplicadas pelo atual governo, que assim como o Brasil, a SsangYong está fazendo as correções de rumo. Em nenhum momento esteve na pauta da Venko Motors, a saída da SsangYong do Brasil, essa operação é definitiva.

 

 

Leia Também